Mortos Ao Amanhecer (2005) – Maldita

Publicado: julho 31, 2012 por Panda-san em Discos Avulsos
Tags:

Bom,esse é o primeiro post do Sons Inaudíveis. Vou falar sobre uma banda de Metal Industrial formada em 2001. O nome da banda é Maldita. O som deles é muito Darkwave,as letras são totalmente obscuras,chegam a lembrar os rituais satânicos. Um exemplo é o refrão da primeira faixa,Motel 666,que fala: “O que tem dentro do seu corpo era o meu coração”. Quanto à parte instrumental,a banda tem alto destaque. Diferente da maioria das bandas do cenário underground do Metal brasileiro,eles têm um som totalmente limpo,com efeitos para deixar a música mais obscura. O instrumental da banda é simples,sem grandes solos de guitarra,mas se destaca por toda a ambientação dark da banda. O vocalista ensaia alguns guturais vez ou outra. O som da banda lembra o Faith no More em alguns aspectos. O disco que iremos analisar é o Mortos ao Amanhecer,o disco de estreia da banda.

1- Motel 666
2- Asas de Inseto
3- Que Eu Odeio
4- Estrela de Fogo
5- Ossos Brancos
6- Anatomia
7- Rosto Cortado
8- Malachi
9- Falsidade
10- Hibridos
11- Carne Para Uma Rainha

 

 

 

 

 

 

O disco começa com a faixa Motel 666,a música tem um ar bem dark,assim como o disco inteiro. Quando a música começou,senti um certo clima de filme de terror pela vozes. A música se segue com gritos guturais do vocalista,Erich. É uma das melhores do disco. Em seguida temos Asas de Inseto,mesmo clima da música interior,mas um pouco mais centrada pro Rock do que pro Industrial. Uma letra de causa enjoo em pessoas de estômago fraco. “Como as crianças que nós abortamos,quando estamos juntos você sabe nós matamos”. Que eu Odeio é a próxima faixa do disco,o clima da música deixa de ficar um pouco dark. Tem uma intro meio diferente das duas primeiras faixas. Apesar do que a letra é igualmente forte,só que há partes em inglês nessa. Estrela de Fogo é outra faixa igual às outras,com riff de guitarra durante toda a faixa,letra com tema obscuro,no caso fala de uma arma. O disco se segue com Ossos Brancos,a faixa que tem o primeiro solo de guitarra do álbum,ou ao menos,uma tentativa. A letra fala de uma espécie de amor sado-masoquista. Anatomia,a faixa que eu mais gosto do disco,é a que dá continuação ao álbum. O clima de terror volta a estar presente. A letra fala de Necrofilia,e é uma das mais pesadas do disco. Gemidos podem ser ouvidos ao fundo o que dá um clima maior de perversão à música. Homem Com o Rosto Cortado,a próxima faixa,começa um grito gutural do Erich,a música é toda formada por um riff de guitarra. A letra fala sobre um personagem que com certeza pintaria em qualquer filme de terror classe C. Malachi é a próxima faixa,o título é uma homenagem ao grande rei do Terror,Stephen King. O começo lembra um Blues dos anos 50,mas depois a música volta ao “normal”,a letra descreve as ações do personagem de mesmo nome. Outra faixa que tem solo de guitarra. Falsidade,a nona faixa do disco,contém a mesma fórmula do disco inteiro. Instrumental com riff mórbido,clima dark e letra pesada. Dessa vez a letra fala sobre mentiras e falsidade. Só que diferente da maioria das músicas que contém este tema,a música passa longe de ser superficial. Híbridos é faixa mais longa e bem trabalhada do disco,começa de novo com um clima totalmente dark e com um coro de Igreja ao fundo,depois um diálogo sobre o Anticristo,após isso o Erich começa a cantar,depois no final há uma nova ambientação dark com risadas e diálogos. Apesar da costumeira melodia baseada em riffs,essa faixa é bem mais trabalhada musicalmente. A letra fala sobre o Anticristo,e é uma das mais pesadas do disco. Esta faixa junto Anatomia é a minha preferida do disco. Carne para uma Rainha,última faixa do disco,o clima de terror característico e letra obscura marcam a faixa,que tem uma letra que fala de canibalismo.

Bom,o disco tem qualidade grande,mas peca pela repetição. Todas as músicas têm a mesma fórmula,mudando apenas as letras. É como se fosse um AC/DC do Metal Industrial. Mas ainda sim a banda tem seu valor e vale a pena ser ouvida.

Destaques do disco: Motel 666,Anatomia e Híbridos.

Nota: 5,0

Espero que tenham gostado e garanto que as próximas análises serão bem melhores =D

Ass: Panda-san

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s